13 de abril de 2011

Carta para Luis x Andréa B.



Presentación:

Hay personas que tienen una profunda conexión con la belleza y Andrea es una de ellas,  apasionada, poeta y militante del amor, molécula complice que supo construir con Warat una amistad más allá del tiempo y las distancias.

En su honor, creó un espacio en la web con las cartas que iban y venían, que expresan un intenso cruce de latidos, sensibilidades y fuegos.

Quedan invitados a recorrerlas y a dejarse llevar por ese sentir peremne…

Gracias, Andrea
LF / Casa Warat


Andrea, Albano y Warat

------------------------------------------------------------
Cartas para Luis


-pequeno espaço em homenagem a este amigo de alma iluminada e um imenso coração - Luis Alberto Warat.


Por Andrea Beheregaray


Aqui nossa correspondência pública de um encontro breve e intenso. Cheguei em sua vida um pouco antes de sua partida, considero isso um privilégio. Luis não era apenas um intelectual genial, Luis era congruente com o que escrevia. Congruência entre aquilo que você escreve e aquilo que você é, é algo raro. Mas Luis era raro e por isso, quando o conheci, fiquei feliz em perceber isso. 

Era gentil e, principalmente, afetuoso com aqueles que lhe cercavam. Mas não confunda isso com a docilidade dos covardes que usam a gentileza como forma de evitar conflitos, ou com a hipocrisia, regra no ambiente jurídico. Luis tinha opiniões fortes, sabia quem era e sentia profudamente as idéias que defendia. Luis é aquilo que diz, e isso, sem dúvida é seu maior valor.

Ele me ensinou muitas coisas sobre o amor. De forma sutil iluminou recantos escuros da minha alma. Foi Luis quem me mostrou que eu podia escrever. Uma noite no seu Cabaret Castelhano ele me apresentou assim aos amigos "Andréa é uma poeta, escreve as mais belas poesias eróticas que já vi uma mulher escrever". Posso ouvi-lo falar, com seu sotaque, agora mesmo. Não esqueço, meu espanto. Nunca havia me pensando assim, poeta.

Luis é isso, toca em você sempre o mais bonito.

Apesar da correspondência aqui estar datada, quero dizer que toda palavra de amor é atemporal. Uma vez dita, fica repercutindo na eternidade. Porque o amor é assim, sem forma, tempo ou espaço é a maior e mais poderosa experiência humana.

Luis, um beijo bonito para você também


Andrea

Link:



0 comentarios: