27 de junio de 2009

Clarice e eu

Preciso dizer que
Preciso dizer que fiquei emocionada com essa construção da Casa Warat?
Quem me conhece sabe que AMO Clarice Lispector.
Adorei VER um fragmento dela junto a um meu.
AMEI.
OBRIGADA!

AMEI.
OBRIGADA!


En el cuerpo desnudo anida la razón sensible
adicionado por
casawarat em 26/06/09

"...Perdi alguma coisa que me era essencial, e que já nao me é mais. Nao me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até entao me impossibilitava de andar, mas que fazia de mim um tripé estável. Essa terceira perna eu perdi. E voltei a ser uma pessoa que nunca fui. Voltei a ter o que nunca tive: apenas duas pernas. Sei que somente com as duas pernas é que posso caminhar. Mas a ausência inútil da terceira me faz falta e me assusta, era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar."
Clarice Lispector

Ao escrever vamos tirando,lentamente, peça por peça do vestuário que nos esconde, que nos protege.
*
Por isso escrever exige coragem.Coragem de ficar nu diante do outro, e permanecer.
*
Andréa Beheregaray
*
El montaje de foto y parte del texto fue extraído del blog de Andrea Beheregaray http://wunschelrute.blogspot.com/
*
Producción de la Casa Warat, de Luis Alberto Warat y Giselle Salinas.
http://www.fotolog.com/surrealismodarua


Publicado ayer por Andrea Beheregaray en su blog (http://wunschelrute.blogspot.com) a quien agradecemos mucho.

0 comentarios: