21 de agosto de 2007

Magistrados participam do curso "Processo de Humanização e Relações Humanas"

nota sobre Warat, no site do TJ/MT:
" A Associação Nacional de Magistradas (ANM) realizou na sexta-feira e no sábado (10 e 11 de agosto) o curso de extensão “Processo de Humanização e Relações Humanas”, ministrado para juízes e desembargadores pelo professor pós-doutor Luiz Alberto Warat. O evento contou com o apoio do Poder Judiciário Estadual e da Escola Superior da Magistratura (Esmagis-MT). O curso foi realizado no Hotel De Ville, localizado na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá.

“O palestrante é um professor argentino de Filosofia do Direito muito conceituado, que já fez esse tipo de trabalho em diversos tribunais, como em Santa Catarina, Bahia, Ceará, entre outros. O objetivo desse curso é despertar nos colegas uma forma de aplicação da lei com visão mais humanística. É importante que o magistrado saiba a maneira como vai atingir as pessoas com suas decisões. Ter esse ponto de vista mais humanístico é interessante na hora de aplicar a norma jurídica”, explica a juíza Gleide Bispo dos Santos, uma das organizadoras do evento.

Luiz Alberto Warat possui mais de 40 anos de docência e mais de 40 livros publicados. É doutor em Direito pela Universidade de Buenos Aires (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Brasília (UnB). Warat também é professor de mestrado e doutorado em Direito na UnB. Suas principais áreas de atuação são mediação e arbitragem, relações humanas e humanização dos operadores do Direito."

0 comentarios: