30 de agosto de 2007

Poesia - Hoje: por Florência Warat

Cicatrizes

O sol se acaba de pôr...
o mar grita sua fúria.
Os pássaros param seus vôos
promovendo o silêncio e a aflição...
as montanhas choram neves...
os caminhos se fecham...
os barcos naufragam gritos
de protesto...
as flores perdem suas cores...
as nuvens tornam-se cinzentas...
as aves emigram sem vozes...
as árvores movem seus galhos
acusando suas tristezas...
a terra seca os campos
se tornam áridos...
os músicos calam seu canto...
as mãos de um povo de unem
silêncio... acaba de morrer outra criança em alguma guerra...
(Florência Warat)

0 comentarios: