29 de octubre de 2012

Cátedra LAW na URI


URI inaugurou a Cátedra Luis Alberto Warat



Mais de 5 mil volumes foram doados à universidade pela família de Warat

Na última segunda-feira, 22, foi realizada a inauguração da Cátedra Luis Alberto Warat. Participaram da solenidade, a diretora-acadêmica professora Neusa Scheid, o diretor-administrativo Gilberto Pacheco, o coordenador do mestrado em Direito professor João Martins Bertaso, o coordenador executivo professor André Copetti, o coordenador do curso de Direito professor Jacson Cervi, professores da instituição, acadêmicos, convidados e a filha de Warat, Giselda Warat.

A inauguração realizada na biblioteca da universidade foi uma conquista dos professores do mestrado em Direito da URI, João Martins Bertaso e André Copetti, que foram a Buenos Aires buscar o acervo doado pela família.

 Luis Alberto Warat era natural de Buenos Aires, Argentina e foi professor da URI de 2008 a 2010, sendo a última instituição em que passou. O acervo doado pela família de Warat reúne mais de cinco mil volumes, com obras dele e de outros autores que formaram a sua base intelectual.

 Segundo o coordenador do mestrado, professor João Bertaso, é uma honra para a universidade receber esses materiais, pois Warat foi um grande pensador da área jurídica. “Certamente a URI de Santo Ângelo vai tornar-se referência e os acadêmicos serão muito privilegiados com essa coleção de livros e, além disso, elevamos o conceito da instituição”, salienta Bertaso.

Luis Alberto Warat

 Luis Alberto Warat era doutor em Direito pela Universidade de Buenos Aires e pós-doutor pela Universidade de Brasília. No Brasil, foi professor titular da Universidade Federal de Santa Maria, coordenador e professor de Direito da UNISUL, em Tubarão (SC), professor da pós-graduação em Direto na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), entre outras. Já na URI, Warat esteve entre 2008 a 2010. Faleceu em Buenos Aires em 16 de dezembro de 2010. Durante 40 anos dedicados ao ensino, publicou mais de 40 obras.

 Dentre as principais obras, podemos citar “Ciência Jurídica e seus Dois Maridos”, baseado na obra de Jorge Amado e “Em Nome do Acordo: Uma abordagem sobre mediação”. As obras de Warat já estão disponíveis para visitação e pesquisa na biblioteca universitária.


Fonte: AIURI

0 comentarios: